Guardião da Verdade

Fórum para estudos teológicos.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Calvino e o Sábado na Nova Aliança

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
sodré
Aletheiano
Aletheiano


Número de Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/01/2008

MensagemAssunto: Calvino e o Sábado na Nova Aliança   3/28/2011, 11:11


Jesus não daria o exemplo da ovelha cair, fome no milharal, paes asmos que nao deveriam se comer, se não estivesse defendendo trabalhos emergenciais aos sábados - o exemplo dele fala da sua preocupação em não tornar o sábado um fardo e nem de liberar qualquer trabalho aos sábados. Há quem defenda que Jesus viveu sob a lei na dispensação judaica, e que na dispensação gentilica o Espirito Santo exigia apenas coisas basicas (Atos 15).

Na transição do judaismo para o cristianismo, feita sobretudo por Paulo, percebemos a preocupação do apostolo com uma escala de valores onde o novo nascimento, a fé, o poder , a inspiração, e a presença do fruto do espirito Santo em nós, reproduzindo a pessoa de Cristo, em sua bondade, misericordia e valores destacados no evangelho, ganharam maior e mais perene destaque, sobre os quais o evangelho deveria se alicerçar.

Nesta transição, insigneas judaicas foram desprezadas, declaradas cumpridas, arcaicas, caducas, rudimentares, provisorias, aios até que viesse o descendente Jesus e nos guiasse não mais por leis mas pela sua presença em nós pelo Espírito Santo.

Colossenses 2:16 e 17 e Hebreus 4 nos fala que o sábado foi figura do descanso em Cristo. Galatas reclama de que os crentes ainda guardavam dias, meses, tempos e anos e Romanos 14 manda que haja respeito com diferenças quanto a guardar dias por parte de quem guarda e por parte de quem não guarda - ninguem deve julgar ninguem por guardar ou não dias.

Buscamos algumas soluções que possam sintetizar estas questões, entre elas encontramos em Calvino a seguinte:

Antes de sabermos deste comentario de Calvino, defendiamos algo parecido:

Comentário de Calvino a Gênesis 2.3 (escrito dois anos após a última edição de suas Institutas):

“Quando ouvimos que o sábado foi ab-rogado pela vinda de Cristo, devemos distinguir o que pertence ao governo perpétuo da vida humana e o que pertence propriamente às figuras antigas. O uso destas foi abolida quando a verdade foi cumprida. Descanso espiritual é a mortificação da carne ao ponto de que os filhos de Deus não devem viver para si mesmos ou permitir livremente as ações de suas inclinações. Assim, na medida que o sábado era uma figura desse descanso espiritual, eu digo que isso foi somente por um tempo.

-------> Mas, na medida em que foi ordenado aos homens, desde o início, de que eles deveriam se engajar no culto a Deus, é legítimo que o sábado cristão deva continuar até o fim do mundo. O sábado é uma ordenação da criação que é perpétua”.
.
Ou seja
.

Sábado como descanso se cumpriu em Jesus (heb 4, col 2:16)
Sábado como chamamento para adoração ao Criador -> continua!rom14 e apocalipse 14:6

Apesar de Paulo em Romanos 14 ordenar que quem não faz diferença entre dia e dia não julgar quem o faça e quem faz não julgar quem não faz, dventistas e evangélicos parecem fazer questão de não obedecer, precisamos então ler a Bíblia novamente:

Romanos 14
Ora, quanto ao que está enfermo na fé, recebei-o, não em contendas sobre dúvidas.

Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes.

O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu.

Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.

Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente.

Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.

Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si.

Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor.

Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos.

Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo.

Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus.

De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.

Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão.

Eu sei, e estou certo no Senhor Jesus, que nenhuma coisa é de si mesma imunda, a não ser para aquele que a tem por imunda; para esse é imunda.

Mas, se por causa da comida se contrista teu irmão, já não andas conforme o amor. Não destruas por causa da tua comida aquele por quem Cristo morreu.

Não seja, pois, blasfemado o vosso bem;

Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.

Porque quem nisto serve a Cristo agradável é a Deus e aceito aos homens.

Sigamos, pois, as coisas que servem para a paz e para a edificação de uns para com os outros.

Não destruas por causa da comida a obra de Deus. É verdade que tudo é limpo, mas mal vai para o homem que come com escândalo.

Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se enfraqueça.

Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova.

Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado.







concordo que o sábado versus domingo passaram a ter uma importancia totalmente descabida e retira do foco os artigos principais nos quais devamos estar preocupados..isso por mais que se baseie em daniel 7:25 denunciando a ponta pequena (papado) que mudou a lei e toda sua influencia nas religiões, desviou o adventismo do foco principal do evangelho e isto foi destacado entre as mensagens rejeitadas de 1888-até hoje mesmo falei com minha esposa que o sábado não tem esta importancia para Jesus e que nós não podemos nos preocupar nada mais que nosso Mestre - apesar disso, Jesus deu certa atenção ao sábado e conforme comentarios da Biblia de Genebra, Ele se posicionou como Deus ao declarar ser Senhor do sábado, que segundo Calvino, como motivo de adoração ao criador perpetua no seio Cristão, http://igrejaadventista.rede.comunidades.net/index.php?pagina=1413735657 sendo este o motivo daqueles que se apoiam em apocalipse 14: 6, 7, para exaltar o Criador diante de um mundo que combate o Criador - Incrivel que coincidentemente ou cristocidentemente, a mensagem do sabado se aflorou contemporaneamente a mensagem da origem das especies de Darwin (1859) que questiona o Criador



Claro que sabemos que o problema não pára por ai. Colossenses 2:16 e Gálatas 4:10 devem ser analisados: (xxxxcolocaremos o textos e nálises em tempo oportunoxxxxxx)

Hebreus 4 fala que o descanso em Cristo é superior ao descanso do sétimo dia e nisto se concorda que o sombra do descanso sabático se cumpre quando descansamos e temos paz em Cristo Jesus.



CONTUDO



A questão da adoração ao Criador no sétimo dia , instituido antes da lei do Sinai da velha aliança, bem como a profecia de apocalipse 14 que diz que um povo anunciaria a adoração ao Criador, nos dá a base para podermos guardar o sábado não como judeus, mas como adoradores do Criador.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Calvino e o Sábado na Nova Aliança
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Uma Nova Aliança
» O Dizimo e a Nova Aliança
» Em que termos a Nova Aliança é estabelecida??
» Quais mandamentos da Lei foram reafirmados na Nova Aliança?
» A Nova Aliança , A Torá e a Igreja

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Guardião da Verdade :: Assuntos Bíblicos :: O Dia do Senhor-
Ir para: