Guardião da Verdade

Fórum para estudos teológicos.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Acusação de plágio contra EGW

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ronaldo
Administrador
Administrador


Masculino Número de Mensagens : 125
Data de inscrição : 01/01/2008

MensagemAssunto: Acusação de plágio contra EGW   1/31/2008, 22:29

Alguns evangélicos e ex-adventistas acusam EGW de plagiária, o que talves eles não saibam é que n Bíblia encontramos casos semelhantes, segundo nota de rodapé da Bíblia de Jerusalém, Judas 16 cita trecho de outro livro, 'Reminiscências de Enoque' e Judas 14 menciona uma profecia do Livro de Enoque:

"E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos..."

Ambas as obras são apocrifas, foram escritas cerca de 100 anos antes de Cristo. Isto era muito comum entre os hebreus, não sendo visto como desonestidade ou mentira. Paulo na escrita de suas cartas, utilizou-se de matériais extra-bíblicos em sua pesquisa, incorporando três poetas pagãos: Arato, Menandro e Epimênides, em At 17:28, 1Co 15:33 e Tt 1:12:

a) At 17:28 “...pois dele também somos geração...”

A linha citada foi extraída do poema didático entitulado “Fenômenos”. Paulo cita de Arato, poeta originário de Soli, uma cidade pertencente à própria província de Cilícia, onde o apóstolo nasceu, e da qual Tarso era igualmente uma importante cidade. Arato viveu em cerca de 300 a.C. Este poema foi composto a fim de relatar os fatos principais da ciência astronômica e metereológica, conforme conhecida naquela época. Ver: R. N. Champlin, Ph.D, O Novo Testamento Interpretado Versículo por Versículo (NTIVV), vol 3, 9ª reimpresão (São Paulo: Editora Candeia, 1995), 377.

b) 1 Co 15:33 “...as más conversações corrompem os bons costumes..”

Aqui Paulo extraiu de um outro poeta pagão, Menandro.

A expressão completa é um provérbio, encontrado, por exemplo em Menandro, e talvez antigo como Eurípedes. Leon Martins, I Coríntios introdução e comentário, 3ª ed (São Paulo: Editora Vida Nova, 1986), 177. Essa citação foi extraída da comédia de Menandro “Thais” (300 a.C). Menandro foi um autor pagão que expressou rica sabedoria prática; e não é de se estranhar que Paulo tivesse conhecimento. Ver: NTIVV, 4: 258.

c) Tt 1:12 “...Cretenses, sempre mentirosos, feras terríveis, ventre preguiçosos...”

Está em foco a pessoa de Epimênides de Cnossos. Foi um sábio grego, do século VI a.C, que alguns consideravam um poeta, e outros um profeta. Também havia quem o reputasse um reformador religioso. De acordo com o parecer de alguns, ele foi um dos sete homens mais sábios da cultura grega. Mais informações sobre o contexto do versículo, Ver: NTIVV, 5: 422. Os escritores da Bíblia, dependeram muitas vezes de recursos diversos para transmitir a mensagem recebida, podendo fazer uso de documentos anteriores ou muitas vezes de relatos orais.

Há muitos exemplos de empréstimos literários de fontes bíblicas e extra bíblicas , como exemplo temos: o evangelho de Lucas é tirado quase por inteiro de outras fontes (Lc 1:1-4). Warren Johns, argumenta indagando se pelo fato de Lucas haver feito cópias dos outros evangelhos, é ele menos inspirado que Mateus, Marcos ou João? Ver: ACOP, 97.

No caso do livro de Apocalipse, o autor além de fazer uso sem citar diretamente o Antigo Testamento , ele usa obras pseudepígrafes, sendo algumas extraídas dos livros de Testamento de Levi, I Enoque e Assunção de Moisés, livros do Novo Testamento. Em um total de 404 versículos, 278 encerram alguma forma de referência ao Antigo Testamento. Muito mais que todos os demais livros do Novo Testamento. J. M. Bentes e R. N . Camplim, Pn. D, Enciclopédia de Bíblia Teologia e Filosofia, vol 1 (São Paulo: Editora Candeia), 217.

Segundo Stanley A. Ellisen, o compilador além de usar o Pentateuco, os livros de Samuel e Reis, fez referência a aproximadamente doze outros documentos existentes naquela época: 1 Cr 9:1; 29:29; 2 Cr 9:29; 12:15; 13:22; 20:34; 26:22; 27:7; 32:32 e 33:19 [Stanley A. Ellisen, Conheça Melhor o Antigo Testamento, 7ª ed (São Paulo: Editora Vida, 1999), 116]. Os livros de Reis é tido como uma compilação de material reunido por um redator, e não uma produção original de um só autor. O autor de Crônicas é antes um compilador. E em seu trabalho de pesquisa lançou mão de diversos outros escritos.

Outros plágios encontrados na Bíblia:

(1) Mt 1:23, citando IS 7:14;
(2) Mt 2:15, citando Os 11:1;
(3) Mt 2:18, citando Jr 31:15;
(4) Mt 2:23, citando “os profetas”;
(5) as várias citações do Novo Testamento de Sl 22 (Mt 27:35,36; Jo 19:24,37; etc);
(6) At 2:25-33, citando Sl 16:8-11;
(7) 1 Co 9:8-10, citando Dt 25:4;
(8) referência de Jesus ao sinal de João (Mt 12:40 referindo-se a Jo 1:17);
(9) referência de Paulo a Cristo como o filho de Abraão em Gl 3:16 (citando Gn 22:17,18); e (10) alegoria de Paulo dos dois mandamentos em Gl 4 (citando Gn 21:10).

Outros exemplos de supostas distorções do Antigo Testamento, incluem passagens como: (1) citações de Paulo a Hc 2:4 em Rm 1:21; (2) sua cota de Lc 18:5 e Dt 30:12-14 em Rm 10:5-8; (3) a citação de Sl 40:6-8 em Hb 10:5-10; e (4) a citação de Sl 95:11 em Hb 3-4.

Fonte:

http://www.advir.com.br/sermoes/M_uso_%20literario_egw.zip
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://foroadventista.com/index.php/board,17.0.html
Elenara

avatar

Feminino Número de Mensagens : 4
Idade : 55
Localização : Porto Alegre
Profissão : professora
Interesses : Criacionismo, Bíblia, amizades, poesias cristãs
Data de inscrição : 14/03/2009

MensagemAssunto: Re: Acusação de plágio contra EGW   3/14/2009, 21:23

Ronaldo,talvez as pessoas que acusem Ellen White de plagiadora também não saibam do seguinte:

"Embora seja verdade que ela, como escritora, tenha utilizado materiais de outros autores, nunca foi uma plagiadora, pelos seguintes motivos:

1) As leis de sua época não viam o que ela fez como sendo plágio.
Em 1981, depois de uma cuidadosa investigação sobre o uso de outras fontes nos escritos de Ellen White, o Dr. Vincent Ramilk, um leigo católico, especialista em direitos autorais concluiu que 'muitos dos livros cujas citações foram utilizadas pela Sra. White, não estavam protegidos por Direitos Autorais'.
Ele ainda esclareceu a questão dizendo que 'ainda que os livros estivessem sob a proteção de Direitos Autorais, o uso de frases, ou mesmo de diversos parágrafos, não se constituiria infração dos direitos autorais, nem plágio, tampouco.
Se tais casos fossem levados à Justiça, entre os anos de 1850 e 1915, Ellen White não seria declarada culpada de infringir as leis'.

2) Ela não transcreveu tudo o que os autores escreveram, somente as partes que confirmavam as verdades que ela estava apresentando.

3) Se o assunto dela fosse simplesmente copiar de outros autores, sem nenhuma preocupação, ela poderia ter copiado de autores e livros que simplesmente falassem sobre o assunto, sem necessariamente terem concordado com as doutrinas e estilo de vida que ela apresentava."

MATTOS, Moisés. Perguntas que eu faria a respeito de Ellen White, Niterói, Editora ADOS, 2002, primeira edição, páginas 29, 30

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.clubedeaventureirosflorestinha.blogspot.com
sodré
Aletheiano
Aletheiano


Número de Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/01/2008

MensagemAssunto: Re: Acusação de plágio contra EGW   5/10/2010, 10:16

Assim como se fez na Bíblia, colocando as referencias de outros livros..apesar que algumas referencias de livros não canonizados não são colocados, apenas se estudam na faculdade de teologia..Penso que da mesma forma assim se deveria fazer com os preciosos escritos de EGWhite, dando as referencias quando algum trecho tiver outro autor..penso que isso resolveria grande parte desta polemica..inclusive em 1906, a propria Sra White autorizou que se fizessem isso..o que foi feito com o livro Grande Conflito que é um dos mais lidos e vendidos..a verdade não depende de quem é o autor humano, ela deve ser exaltada acima do autor, por mais que devemos citar os autores, se isso não era regra da época, hoje é e é uma excelente regra...

Não vejo grandes problemas quanto a isso, bastaria citar e colocar aspas em alguns trechos e pronto...isso até enriqueceria mais o trabalho dela, faria vender mais seus livros, e ainda incentivaria os membros a seguirem seu nobre exemplo de boa leitora e pesquisadora, alem de inspirada.

Tambem ajudaria a irmandade a humanizar EGWhite e endeusar menos, colocando com uma mulher que recebeu juntamente com outros autores a presença do espirito de profecia, pois "todos podereis profetizar" I Cor 14:31
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Acusação de plágio contra EGW   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Acusação de plágio contra EGW
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Contra fatos não há argumentos, ou contra argumentos não há fatos?
» Campanha internacional contra Julio Severo e outros cristãos ?
» Bomba no meio evangélico!Ex-líder da IURD faz acusações sérias!
» Levantar-se-á nação contra nação, e reino contra reino...
» Leis contra as igrejas. Será que serão aprovadas?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Guardião da Verdade :: Assuntos Diversos :: Igreja Adventista do Sétimo Dia-
Ir para: