Guardião da Verdade

Fórum para estudos teológicos.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 A revisão por pares está dormindo em serviço!!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ronaldo
Administrador
Administrador


Masculino Número de Mensagens : 125
Data de inscrição : 01/01/2008

MensagemAssunto: A revisão por pares está dormindo em serviço!!!   1/30/2008, 15:10

A revisão por pares está dormindo em serviço!!!


Caçador de plágios

30/01/2008

Agência FAPESP — Plagiar artigos científicos é uma prática que pode estar com os dias contados. Pelo menos se depender da novidade que vem do Centro Médico da Universidade do Sudoeste do Texas [Dallas], nos Estados Unidos.

O grupo liderado pelo professor Harold Gardner desenvolveu um programa de computador que compara múltiplos documentos em bases de dados em busca de semelhanças no conteúdo. O software Etblast identifica a duplicação de palavras-chave e compara a proximidade e o encadeamento de palavras, entre outras variáveis.

A novidade oferece um método eficiente e rápido para conduzir buscas na literatura científica e permite aos editores de revistas identificar a ocorrência de práticas questionáveis de publicação. A ferramenta também é útil para pesquisadores que desejam verificar se e quando o tema do projeto em que estão trabalhando foi objeto de publicações anteriores, não apenas para ampliar o conhecimento, mas também para identificar possíveis colaboradores.

No desenvolvimento do Etblast, o grupo de Garner inicialmente usou o sistema para analisar mais de 62 mil textos publicados nos últimos 12 anos e disponíveis na base Medline, uma das principais na área médica. O software identificou que 0,04% dos textos com autores diferentes eram altamente semelhantes, em casos potenciais de plágio.

O número pode parecer significante, mas em uma base com 17 milhões de artigos representa cerca de 7 mil textos. O programa também identificou que 1,35% dos artigos com um ou mais autores iguais eram suficientemente semelhantes para serem considerados como publicações duplicadas dos mesmos dados, outra prática questionável. Os resultados foram descritos na edição de 15 de janeiro da revista Bioinformatics.

Na segunda fase do desenvolvimento, cujos resultados estão em comentário na edição de 24 de janeiro da Nature, o software foi aperfeiçoado e ganhou mais velocidade, tornando-se milhares de vezes mais rápido. Uma análise de 7 milhões de textos na Medline resultou em quase 70 mil artigos semelhantes.

“O plágio é a mais extrema e nefasta forma de publicação, mas submeter simultaneamente os mesmos resultados de pesquisas a diversos veículos ou repetir a publicação dos mesmos dados também podem ser considerados inaceitáveis em muitas circunstâncias”, disse Garner.

Mas o pesquisador lembra que, em relação a publicações repetidas, há algumas formas que podem ter valor para a comunidade científica. Um exemplo são atualizações dos progressos de estudos de longo prazo ou de análises longitudinais, que freqüentemente contêm reproduções literais de partes do texto original.

“Com nossa ferramenta, conseguimos identificar publicações semelhantes, mas nem o computador nem nós mesmos somos capazes de julgar se um artigo é um plágio. Essa tarefa cabe aos revisores, como os editores de publicações ou comitês de éticas das universidades, que são os grupos responsáveis para a determinação da legitimidade”, destacou Garner.

O pesquisador espera que o software possa ajudar a diminuir as práticas questionáveis na publicação científica. “À medida que ferramentas como o Etblast se tornarem mais conhecidas e usadas pelos editores e revisores durante o processo de submissão dos artigos, esperamos que o número de duplicações potenciais diminua consideravelmente”, disse.

O comentário A tale of two citations, de Mounir Errami e Harold Garner, pode ser lido por assinantes da Nature em www.nature.com.
+++++

Nota deste blogger:

Eu sou a favor sim da revisão por pares, oops, peer-reviewing é mais chique, mas sempre entendi também que o atual sistema tem outras funções alheias ao espírito científico: o sistema de ‘peer-reviewing’ é uma cancela blindando certas teorias científicas de críticas e é um forte componente na defesa da manutenção do paradigma, mesmo quando os guarda-cancelas, oops revisores sabem que determinadas teorias estão em profunda crise epistêmica no contexto de justificação teórica.

A situação kafkiana aqui é que eles, que praticam ‘ciência normal’ [Kuhn], assistem à mudança paradigmática meio perplexos, enfezados e revoltados em verem os ‘hereges’, que apontaram o rei nu, serem vindicados pelo acolhimento de suas teorias.

O comentário de Mounir Errami na Nature é preocupante: o índice de plágio nas publicações científicas é muito alto. Eu vou dar um desconto aqui para os revisores, porque a ciência explodiu em conhecimento e não dá mais para ninguém ter um saber enciclopédico. Somos especialistas mínimos, que fazemos afirmações grandiosas sobre tudo, e não sabemos nada???

Pro bonum scientiae, o programa de computador de Garner et al é mais do que bem-vindo.

Ah, ia me esquecendo, a utilização teleológica do software Etblast é uma nítida aplicação do design inteligente na busca e detecção de sinais de inteligência... Aqui no caso, de ‘inteligência não otimizada’... E ainda dizem que o design inteligente é pseudociência...

O texto de Errami e Garner se encontra numa ‘zona de acesso livre’ da Nature e pode ser baixado gratuitamente aqui.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://foroadventista.com/index.php/board,17.0.html
 
A revisão por pares está dormindo em serviço!!!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Como entender o texto de Jesus exortando os discipulos dormindo?
» Uma coroa está guardada para aqueles que amarem a vinda do Senhor...
» Jesus está às portas
» "E Deus continua sussurrando: "Não desista, o MELHOR ainda está por vir..."
» POR QUE AS PESSOAS NO INFERNO ESTÃO IMPLORANDO POR MISERICÓRDIA?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Guardião da Verdade :: Assuntos Diversos :: Ciências-
Ir para: